Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Jornal O Diabo

jornalismo independente

jornalismo independente

Presente envenenado

A organização da Convenção do PS “preparou” uma prenda envenenada ao líder socialista, durante o grande encontro/comício que se realizou no Coliseu.

 

Sócrates, que fazia anos, ouviu os parabéns cantados em coro pelos militantes presentes, fez o número habitual de agradecer com ar triunfador e sentou-se para apreciar os vídeos que ilustram a sua acção governativa, uma montagem especialmente feita para lhe confortar o ego e convencer os apoiantes a não votarem noutro partido.

 

De repente, um duche frio nas hostes rosadas. No grande écran surge Carlos Pimenta, o primeiro secretário de Estado do Ambiente do já longínquo governo de Cavaco Silva, a defender o investimento nas energias renováveis.

 

É verdade que de todos os que passaram pela pasta do Ambiente, Sócrates incluído, Pimenta foi o que maior notoriedade alcançou e, como não se pode dizer que a política ambiental do actual executivo tenha dado muito que falar, durante os mais de quatro anos em que dirige os destinos do País, o engano explica-se.

 

Ou então, pura e simplesmente não havia nada para mostrar sobre a acção do PS neste domínio e, em alternativa, alguém decidiu, maliciosamente, recordar os bons tempos em que o antigo eurodeputado social-democrata fez da ecologia um verdadeiro “cavalo de batalha” e conseguiu despertar consciências para os problemas ambientais.

 

Seja o que for que tenha acontecido, é quase certo que Sócrates nunca mais esquecerá esta prenda de anos.