Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Jornal O Diabo

jornalismo independente

jornalismo independente

As mulheres de Sócrates

A mãe, Testemunha de Jeová, que dificilmente aceitaria um segundo casamento do filho. A namorada, Fernanda Câncio, com quem o primeiro-ministro poderá casar em breve. A madrinha, Edite Estrela, em “natural disputa” pelas atenções do chefe do PS. Manuela Moura Guedes, o seu “ódio de estimação”. Manuela Ferreira Leite, o seu pesadelo…

 

O actual chefe do Governo está rodeado de mulheres. Foi, pelo menos, assim que ele quis ver-se retratado no cartaz eleitoral que o Partido Socialista tem nas ruas, e que já mereceu de José Pacheco Pereira o comentário ácido: “Um homem a olhar para nós e as mulheres a olhar para ele, uma delas com olhar embevecido, é de um machismo extraordinário!”, disse o analista no seu programa semanal “Ponto Contra Ponto”. O cartaz é político, mas a história que conta podia ser também a história pessoal do secretário-geral do PS. A sua vida está dominada por senhoras, que nem sempre se entendem, mas que querem que “o Zé” seja, de facto, um exemplo: um exemplo de filho, de companheiro, de amigo, de adversário e até de inimigo, para que possa dar troco à altura dos ataques.

[continua na edição impressa]